Sobre o autor

Conheça Thêmis

Patativa do Assaré 

Homenagem humildíssima a um encantado 

pássaro que acaba de arribar. 

 

Conheci a beleza 

da singeleza, 

num encanto 

profundo pelo canto 

do poeta, também maior, 

Patativa do Assaré. 

Sabes quem é? 

Não sabes porque és menor! 

 

O canto que me encanta 

dessa patativa já voou 

para além de Asssaré, 

chegou até a Sorbonne, 

ora se não é 

um poeta maior esse 

letrudo camponês 

que maravilhas já fez 

com esse tal português. 

 

Queríamos mais novent’anos, outra vez 

deste pássaro genial 

cujo canto é sem igual. 

Sem ter lição de ninguém 

canta e encanta aqui e no além.

 

Olao (Bsb, 08/07/02, 19h)